Por mais abraços

apoio

Querida rede de apoio,

agora a noite entrei pela sua porta pois aceitei o convite de me sentar com outras três mulheres para falar sobre você, pois você confia que te conheço bem.

Entrei depois de dias intensos e algumas horas de sono, e sabia que estar ali era o melhor que poderia fazer por mim.

Recebi um abraço que já sabia que precisava. Abraço de quem já nadou no mar de emoções que me afogaram, que veio como terra firme para que eu pudesse respirar fundo, desabar, chorar, aliviar.

Ao meu lado sentadas na sua mesa de jantar elas esperavam pacientemente eu me levantar. Sem pressa, sem intervir, resolver, socorrer, me dizer o que fazer ou sentir.

Nas lágrimas os medos do meu afogamento se foram em forma de rio dos olhos ao coração, lugar onde as emoções acolhidas encontram lugar.

Meus olhos então quiseram encontrar os delas para falarmos de você. Comentamos que você é fundamental grande ou pequena, que pode mudar em diferentes momentos da vida e que você planta mudas que podem crescer em muitos outros lugares, e que quando isso acontece, é maravilhoso! Que você é necessária para todas as pessoas, independente de qualquer agrupamento que possa ser feito, e que assim você potencializa transformações muito necessárias e difíceis de se viver só. Que você pode ser útil tanto com evidência científica ou com crença individual, que não tem solução mas que soluciona através da informação, seja virtual ou presencialmente. E mesmo que seja por uma hora, uma frase, toda semana, uma vez por mês ou num domingo à noite numa mesa de jantar, é fundamental estar com você.

Falaríamos de você por muitas horas mais, mas o descanso se fez necessário. Antes de ir embora você estendeu a mão para sempre que eu precisar de apoio e me valorizou por ter ido te dar minha energia, logo hoje que achei que não tinha nenhuma.

Te escrevo pois não poderia ir dormir sem te agradecer.

Se você confia que eu sei muito sobre você é porque reconhece o quanto valorizo sua presença em minha vida e o quanto preciso da sua terra firme para me afogar em mim.

Muito obrigada as minhas pequenas e enormes redes de apoio,

com amor e gratidão,

Janie Paula.

Publicado por

Janie Paula

www.janiepaula.com.br